O iPhone, o Medicinia e o desafio de motivar novos hábitos no consumidor

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter14Share on Google+4Share on Facebook0

O que o iPhone e o aplicativo Medicinia têm em comum?

Nós gostamos muito de fazer essa relação porque entendemos que, respeitando-se todas as nossas diferenças (e não são poucas!), os dois produtos ousaram apresentar ao mercado soluções inovadoras que despertaram nos seus públicos hábitos e atitudes até então desconhecidas.

Medicinia, um canal de comunicação entre profissionais da saúde e pacientes

Em outubro de 2015, lançamos o Medicinia, um aplicativo de comunicação entre médicos e outros profissionais de saúde e seus pacientes para oferecer um acompanhamento continuado, na hora certa, onde quer que estejam.

A versão beta, desenvolvida no modelo ágil, chegou ao mercado com as funcionalidades de chat, identificação imediata do paciente e acesso rápido a notas clínicas.

Desde então, o aplicativo já conta com mais de 10 mil médicos cadastrados e, a partir do feedback entusiasmado de nossos usuários, temos conseguido evoluir a ferramenta com funcionalidades que permitem um acompanhamento em saúde mais profissional e organizado, quando comparado às redes sociais e aplicativos genéricos de mensagem.

Medicinia

Novas funcionalidades pela frente

Em junho deste ano, será lançada a versão premium do aplicativo, que oferecerá um dashboard em que o profissional poderá ter mais controle sobre funções como o seu status, avisos de férias, envio de mensagens agendadas e organização de seus pacientes em diretórios, conforme as doenças e necessidades.

A versão gratuita continuará com os mesmos benefícios que atraíram nossos primeiros usuários.

Ambas as versões foram desenvolvidas para assegurar a confidencialidade necessária para aplicativos que lidam com informações tão delicadas como saúde.

Além disso, foram levadas em consideração as normas do Conselho Federal de Medicina e regras de privacidade americanas do HIPAA (Health Insurance Portability and Accountability Act).

Aqui, no Medicinia, estamos sempre trabalhando para permitir que os profissionais estejam próximos de seus pacientes, fornecendo a orientação necessária para a boa tomada de decisão.

Tudo isso sem virarem escravos de seus telefones ou tablets, mas usando as ferramentas tecnológicas para otimizarem o tempo que passam online.

E, o mais bacana é que, quando olhamos para a frente, fica claro que isso é apenas o início da evolução que está em curso na relação médico-paciente. Uma grande virada sem volta.

Gostou deste artigo? Agradeça divulgando:Tweet about this on Twitter14Share on Google+4Share on Facebook0

Dra. Cristiane Benvenuto

É médica e foi liderança global na Ashoka, organização que há 35 anos se dedica à catalização do empreendedorismo e da inovação social em todo o mundo. Antes atuou nas áreas de gestão comercial, desenvolvimento de negócios e mídias digitais (internet e mobilidade) no Hospital Albert Einstein (SP) e prestou consultoria em novos negócios para fundos de investimento e organizações na área da saúde. Co-fundadora de um dos portais pioneiros em informações em saúde, o Medicinal, tornou-se referência no uso de mídias digitais e redes sociais para o setor de saúde. É médica e mestre pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e doutora em dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi fellow no Memorial Sloan Kettering Cancer Center (Nova York) e possui MBA pela Wharton Business School, com ênfase em Sistemas de Saúde e Empreendedorismo. Sua trajetória contou com o apoio do Instituto Ling.

Você pode gostar...

Tem algo a acrescentar? Compartilhe nos comentários.

Wordpress SEO Plugin by Wordpress SEO Plugin